domingo, 12 de dezembro de 2010

Quando?

Há coisas contra as quais não conseguimos lutar, apesar de o querermos mais que tudo e apenas dependerem de nós...


A verdade é que a vontade, por si só, às vezes não chega e faz com que o sofrimento continue...

Quero matar esta dor, quero mandá-la embora mas ela simplesmente recusa-se. Cada vislumbre teu, cada pensamento, cada memória, cada vez que pronunciam o teu nome, é uma bomba que explode no meu coração fazendo-o doer...
Quando é que a dor vai desaparecer? Quando?