segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Arriba


Está tudo a desmoronar como se de uma arriba se tratasse…

As ondas, fortes e impiedosas continuam a bater e a erodir e a sua espuma deixada é como um aviso que irão voltar. Elas dizem “Irei voltar quantas vezes forem precisas até que caias de vez”.

Voltam uma vez, e outra, e outra e cada vez mais fraca e cansada, a arriba tenta suportar toda aquela pressão. No entanto, a Natureza é implacável e esta arriba irá cair mais cedo ou mais tarde pois ela é simplesmente uma arriba sujeita à força e impacto do mar que, sem piedade nenhuma, continua a avançar e a descarregar a sua força nesta fraca e já muito cansada arriba.

Ela acabará por desmoronar e quando isso acontecer, o que não for levado pela força das ondas permanecerá ali, na sombra do que foi um dia, uma bela, enorme e imponente arriba!

1 comentário:

Rafael disse...

Credo!! Tenho de te resgatar dessa arriba!